mascara_assustadora.png

Terror no Kindle Unlimited!

Depois do post carregado de informações sobre dispositivos smart achei melhor postar hoje algo um pouco mais tranquilo. Então preparei uma lista de livros de terror que podem interessas vocês, queridos leitores!

Mas isso não é tudo. Hoje estou colocando aqui alguns livros de autores brasileiros independentes, que puderam publicar suas obras no formato e-book da Amazon graças ao Direct Publishing. Assim vocês já descobrem obras diferentes e incentivam alguns autores independentes que estão no início de suas carreiras literárias! 

E se gostarem desse tema, ou dos livros conta pra gente pelo nosso insta(@capaswb)! 

(Vai pelos links nos títulos para incentivar o conteúdo aqui do blog!) 

Segue essa lista BARAVILHOSA!!!

“Vou lhes contar, através dessas palavras, sobre o dia que vi o diabo.”

Três trabalhadores, incumbidos de transportar sacas de farinha, são obrigados a cortar caminho justamente pelo lugar mais mal falado de toda a cidadezinha de Santa Clarice. Muito mais do que apenas boatos carrega a Floresta Dos Pagãos, mata do interior do Paraná. Logo, o som dos tambores irá anunciar algo muito mais antigo que espreita pelas árvores.

"Uma história de lobisomem como deve ser: escura, intensa, sangrenta, cheia de referências e muito assustadora." - Everaldo Rodrigues, autor de Passeio noturno 1 e 2.


" O Capeta-Caolho contra a Besta-Fera" de Everealdo Rodrigues (esse promete)

***** VENCEDOR DO PRIMEIRO PRÊMIO ABERST DE LITERATURA *****

***** Categoria Melhor conto ou novela de horror *****

Sertão. Anos 30. É o auge do cangaço…

Um lobisomem ataca, todo mês, a cidadela de Terezinha de Moxotó, no interior de Pernambuco. Sem ter a quem recorrer, o prefeito e Coronel Jesuíno de Cândida contrata o bando do cangaceiro Jeremias Fortunato Silveira, conhecido como Capeta-Caolho, figura aterrorizante, tão maléfica quanto o monstro que os ataca, na esperança de que o bandido terrível dê cabo da besta-fera. Mas quando os cangaceiros chegam na cidade, o povo entende que combater o mal com o mal nunca é a melhor escolha.

“O horror sobrenatural encontra a sangrenta realidade dos cangaceiros em ‘O Capeta-Caolho Contra a Besta-Fera’. Um mergulho profundo no misticismo do sertão. Com uma narrativa regionalista e fortes influências do folclore oral e da literatura de cordel, Everaldo Rodrigues dá vida a uma sombria história de lobisomem, recheada de sangue, chumbo e vísceras.” Biblioteca do Terror

“Toda geração tem aquele escritor mais reservado e tímido que está criando obras de altíssima qualidade enquanto os outros só falam. Acredito que o Everaldo Rodrigues seja um daqueles que, ao ler pela primeira vez, dizemos ‘por que não conheci esse cara antes?’” Cláudia Lemes, autora de “Eu Vejo Kate”

Sobre o Autor: Everaldo Rodrigues nasceu em Diadema, São Paulo, e é escritor independente. Autor dos livros " Passeio Noturno - Vol. 1" e " Vol. 2 ", do romance sobrenatural "Horário de verão" e da novela "Um mau menino", é membro da ABERST (Associação Brasileira de Escritores de Romance policial, Suspense e Terror). Além disso, mantém um canal no Youtube, o "Estante Etérea, onde fala sobre os livros que leu. Mora com a esposa no interior de São Paulo.

Clássicos do terror e sobrenatural.

"O Grande Deus Pã" é uma novela do escritor galês Arthur Machen publicada em 1894. O livro foi amplamente denunciado pela imprensa e chocou a todos por causa de seu estilo decadente e conteúdo sexual. Hoje é considerado um clássico do terror mundial, tendo inspirado o diretor de cinema Guilhermo del Toro para a criação do filme “O Labirinto do Fauno”.

Em "O Grande Deus Pã", o autor aborda as implicações psicológicas do sobrenatural e o mundo metafísico. O seu imaginário vagueia frequentemente pelo gótico e o fantástico. O seu interesse pela religião, paganismo, oculto, alquimia, e kaballa, reflete-se um pouco por toda a sua obra.

Aclamado pelos maiores nomes do seu tempo: T.S. Eliot, Bernard Shaw, Algernon Blackwood, Bram Stoker, Arthur Conan Doyle, W.B. Yeats, Oscar Wilde, e mais tarde Jorge Luis Borges que o reconheceu como um escritor genial e através dele influenciou o realismo mágico.

"Dos criadores do terror elevado ao seu mais alto expoente artístico, dificilmente se poderá citar alguém que se iguale a Machen." H.P. Lovecraft.

"Levantar o véu da sua escrita na década de 1890, pode levar à loucura, ao sexo, à morte, e normalmente a uma combinação dos três." Times Literary Suplement.

"Arthur Machen produziu alguns dos mais interessantes contos de ficção em toda a história literária." S.T.Joshi.

Na primavera de 1978, um misterioso ataque assolou os habitantes de Paraíso Florestal, uma pequena cidade localizada em uma área remota da Bahia. Trinta e sete anos depois, um terrível incidente engole a pequena cidade, obrigando as autoridades a enviarem uma equipe de soldados para investigar o ocorrido.

Desde sua chegada à pacata cidade, David e Lívia deparam-se uma calma sepulcral; ninguém é encontrado nas ruas, nos becos ou nas casas. Na escolinha, os cadernos abertos datam o dia atual. No hotel, um barulho no andar superior denuncia a presença de alguém...

Tomados pela sensação de ameaça iminente, os soldados refugiam-se em uma antiga mansão, desconhecendo o verdadeiro horror que varreu a pequena Paraíso. Dentro daquelas paredes, oculto pelas trevas, o maior e mais escuro de todos os medos os espera.

Mary Shelley (1797-1851), mulher do poeta inglês Percy B. Shelley, escreveu Frankenstein para participar de um concurso de histórias de terror realizado na intimidade do castelo de Lord Byron. Mesmo competindo com grandes gênios da literatura universal, acabou redigindo esta que é uma das mais impressionantes histórias de horror de todos os tempos. A história do dr. Victor Frankenstein e da monstruosa criatura por ele concebida vem fascinando gerações desde que foi publicada há mais de cem anos. Brilhante história de horror, escrita com fervor quase alucinatório, Frankenstein representa um dos mais estranhos florescimentos da imaginação romântica.

Frankenstein, de Mary Shelley, e Drácula, de Bram Stoker, são os dois maiores clássicos de terror da literatura em todos os tempos, também imortalizados no cinema através de várias adaptações.

Dica de conhecimento publico 


Concorda? Discorda? Alguma Dúvida? Escreve aqui que vamos te responder.